BookCrossing | Uma Outra Forma de Ler

2/18/2018


Olá! Foi nos “Morangos com Açúcar”, temporada 5, que está novamente a dar mas no “Panda Biggs” que descobri o “BookCrossing”. Não é a primeira vez que vejo “Morangos com Açúcar", pelo contrário, até via demasiado. Chegava a casa da escola e a primeira coisa que fazia era sentar-me no sofá e assistir esta maravilha. (Que saudades)!

Agora sou mais velha e existem coisas que só hoje entendi e me interessei! Tenho reparado que esta temporada fala de imensa coisa relacionada ao ambiente, sobretudo à energia.

Ao ouvir o termo “BookCrossing” na série, despertou em mim algum interesse. Decidi, então, pesquisar sobre o mesmo. Fui ao site oficial que mais explícito não podia estar.

O “BookCrossing ” é uma prática que surgiu nos Estados Unidos. Consiste em deixar um livro num local público para que outra pessoa o encontre, leia e depois o liberte, ou seja, volta a deixá-lo num local público para que, novamente, outra pessoa o possa ler. É uma prática que se faz por todo o mundo!


1º Passo: Ler o livro. Registar o livro. Recebes um BCDI que será do livro que acabas de registar. No livro colocas uma etiqueta, onde tens de colocar o BCID. É a forma de identificação do livro, é como o nosso cartão de cidadão.

2º Passo: Libertar o livro. Depois de leres o livro podes colocá-lo num local público (cafés, transportes, praças…). Ou dá-lo a alguém em específico (estranho, familiar, amigo…). Mas sempre com a essência do “BookCrossing”. Depois de o libertares, a outra pessoa também tem de o libertar e assim sucessivamente.

3º Passo: Se quem encontrar o teu livro colocar o BCID em bookcrossing.com. Consegues saber onde ele está e quem já o leu. Depois de se ler o livro podes dar a tua opinião acerca do mesmo e dar-lhe uma pontuação. (Caso tenhas encontrado um livro com uma etiqueta do “BookCrossing” é este o passo que tens de seguir).

Estas são as etiquetas que estou a utilizar. São gratuitas. Basta baixar em bookcrossing.com.
Para além de vos querer dar a conhecer esta iniciativa que, a meu ver, pode incentivar à leitura, dá, também, uma oportunidade a todos de lerem, pois é gratuito e acaba por ser amigo das nossas árvores, afinal, o mesmo livro pode ser lido por milhares de pessoas!

Eu decidi participar, pois é uma iniciativa que me cativou. Para isso, registei-me em bookcrossing.com e segui os passos acima referidos. Registei o meu livro, mas ainda não o libertei. Ainda não sei onde o deva libertar. Deixo-vos um exemplo do que podem escrever no vosso livro. Para quem o apanhe entender a iniciativa! Quem sabe se um dia são vocês essa pessoa!



Conheciam o BookCrossing?! O que acham da iniciativa?! Gostavam de participar?

You Might Also Like

29 comentários

  1. Confesso que não conhecia mas fiquei curiosa! :P
    Que saudades dos Morangos com Açúcar!

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de experimentar!! Damos a oportunidade de todos poderem ler e as árvores agradecem! Mas ao mesmo tempo pensar que o meu livro possa ir quem sabe até ao Minho?! haha Muito fixe :) Muitas saudades mesmo!!

      Eliminar
  2. Não conhecia esta iniciativa mas é super interessante! Beijinho <3

    Inspiring

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente!! Eu já estou a participa :) Beijinhos!

      Eliminar
  3. Já tinha ouvido falar, mas não sabia muito bem como funcionava... Talvez participe também. :) Beijinhos

    As Cachicas (www.ascachicas.wixsite.com/ascachicas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim!! Participa!! :) Quantas mais pessoas o fizerem mais giro se torna! :)

      Eliminar
  4. Adorei a iniciativa! Até penso aderir aqui pela minha zona :D

    Beijinhos, Brenda
    Momentos de Ataraxia

    ResponderEliminar
  5. Já conhecia, adorava encontrar um livro desses. É uma excelente iniciativa.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/2018/02/sorteio-flash-ganha-um-bilhete-duplo.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma iniciativa fantástica!! Também adorava encontrar um livro com esta etiqueta! Tenho pena que em Portugal não tenha vingado! Mas nós podemos fazer com que vingue!! :) Beijinhos!

      Eliminar
  6. Lembro-me vagamente dessa atividade nos MCA e achei uma ótima ideia! Mas a verdade é que nunca encontrei nenhum livro haha

    https://mundodablue.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também nunca encontrei nenhum livro! Mas é normal, pois em Portugal não vingou. É uma pena!

      Eliminar
  7. Já conhecia essa iniciativa mas no entanto não fazia ideia do registo nem do próprio nome. É tentador! :D

    Beijinho,
    santiago

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito tentador e eu já estou a participar!! Beijinho!

      Eliminar
  8. Que ideia engraçada!!! Não conhecia esta iniciativa!!!
    Podes tentar libertá-lo nos transportes públicos ou até mesmo na faculdade!!!

    Beijinhos
    Cloud World

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma ideia muito fixe!! Sim! São ótimo lugares em principio vou fazê-lo na faculdade!! Beijinhos!!

      Eliminar
  9. Achamos a iniciativa muito interessante. Também a conhecemos na mesma altura. Mas para nós não dá... Não nos conseguimos desfazer de um livro que tenhamos lido. Mesmo que seja daqueles livros que não nos conseguiu cativar. O que somos também se deve àquele livro. Faz parte da nossa biblioteca mental e procuramos que também o faça na nossa biblioteca física. Cada um com a sua pancada, não é verdade? Ainda assim, achamos uma iniciativa excelente. Porque ler não deve ser só para quem tem dinheiro de comprar os livros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A iniciativa pode ser feita entre pessoas da família, amigos ou até colegas e conhecidos. Não é necessário colocá-lo num lugar público e deixá-lo!! Existe a libertação controlada. Em que o objetivo é um livro chegar a várias pessoas, no entanto, as pessoas podem ser escolhidas por nós :) Mas compreendo a vossa afeição aos livros!!

      Eliminar
  10. Já conhecia o contexto, para mim não me faz muito sentido mas acho uma iniciativa excelente :)

    Yellow Rain

    ResponderEliminar
  11. Já conhecia até porque na altura na escola falaram sobre isso. não costumo fazer assim. Costumo dar os livros a pessoas que sei que o vão ler. Mas é uma ótima iniciativa. Também sempre que vinha da escola sentava-me a ver os Morangos com Açúcar. Não falhava a nenhum episódio. As saudades são muitas e o tempo livre também está bem reduzido por isso não dá para ver de novo. Beijinhos

    www.carolinafranco.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim!! Existem vários maneiras de se fazer o bookcrossing! A maneira que estás a falar também pode ser feita pelas pessoas que se registam em bookcrossing. É a chamada libertação mas controlada, pois tu sabes a quem dás os livros! :) Muitas saudades mesmo! :) Beijinhos!

      Eliminar
  12. Adoramos a iniciativa!
    Beijinhos, http://damselme.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Não conhecia, mas adorei a iniciativa! É uma excelente ideia!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: https://hannamargherita.blogspot.com/ || INSTAGRAM: @rititipi || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ResponderEliminar
  14. Wow nao fazia a mais pequena ideia , sabia que há sitios onde podes colocar o teu livro e levar outro qualquer e assim sucessivamente , ou seja como uma biblioteca sem regras, onde podes deixar os teus livros até que não queiras mais e levares o que gostares.
    Agora assim não conhecia :)
    O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses sítios de que estás a falar são ótimos, infelizmente nunca encontrei pela minha zona! Mas adorava! Fico feliz por te ter dado a conhecer! :)

      Eliminar
  15. Conheço o conceito, mas nunca o encontrei — pelo menos seguindo totalmente as regras e com os registos oficiais que referes —. Por outro lado, já encontrei várias vezes inúmeros livros espalhados em parques da minha cidade com esse mesmo intuito (mas sem nenhum registo aparente).

    Mais recentemente, encontrei no parque da minha cidade imensos livros espalhados pelos bancos de jardim, DVDs e CDs. Mais variantes de partilha que, pessoalmente, adoro! :)

    ResponderEliminar